Funcionamento:

2ª a 6ª: 10-22 h | Sáb. e Dom.: 10-22:30h

Havaianas

No final de 2014 os angolanos ganharam mais uma opção quando se fala de moda.

A TRIUM trouxe exclusivamente para o coração de Luanda uma novidade ótima para os angolanos que gostam da moda brasileiras, que foram as Havaianas, calçados que foram popularizados mundialmente quando celebridades e famosos começaram a adotar a peça como acessório fundamental nos dias de calor.

Segundo os organizadores pela importação das Havaianas para Angola, os desafios não foram poucos.

As dificuldades consistiram na busca por materiais e meios de transporte adequados, cumprimento de prazos e avaliação de normas legislativas que possibilitaram a comercialização dos produtos das Havaianas em Angola.

Apesar de muito esforça e horas de sono perdidas, tudo isso valeu a pena.

A inauguração da linha 2015 das Havaianas, por exemplo, foi um grande sucesso, trazendo várias pessoas do cenário político e artístico angolano e ajudando a estabelecer uma marca forte ainda na cultura dos habitantes de Angola.

Os angolanos de forma geral são apaixonados pela cultura brasileira, talvez pela ligação histórica que há entre os dois países desde a época da escravidão. Talvez por essa razão é muito difícil encontrar um angolano que não ame e use as Havaianas.

Inovação é tudo

Uma das principais características das Havaianas, sem dúvida, é a capacidade de inovar em seus produtos, tanto nas cores quanto ao design escolhido para a produção de seus calçados.

Além disso, as cores alegres e misturadas nos calçados das Havaianas resultam em um enorme interesse do público jovem, que geralmente é o maior público consumidor da marca e dificilmente sai apenas com uma peça de uma loja das Havaianas.

As legítimas desde 1962

Apesar de ser popularizada há apenas alguns anos atrás, os primeiros produtos das Havaianas surgiram ainda na década de 60.

Segundo o próprio site oficial da marca, a inspiração para criar as primeiras Havaianas foi o tradicional chinelo japonês Zori (chinelo de dedo), com tecidos de diferentes cores e solas feitas com palha de arroz.

Com o avanço da tecnologia e adaptação de produzir em maior escala, a empresa optou em substituir a sola de palha de arroz por solas de borracha, resistentes e macias – feitas para durar.

O grão de arroz presente nas versões japonesas inspirou a textura granulada, ainda presente nas Havaianas modernas.

O nome, como é de imaginar, foi inspirado no estado americano do Havaí, projeto por Hollywood como lugar dos sonhos nos anos 60.

Mais de meio século após sua primeira versão ser finalizada, a marca de chinelos de borracha domina 80% do mercado brasileiro (de onde se originou) e atualmente vende cerca de 2 bilhões de reais, todos os anos.

Com o passar dos anos e campanhas de marcas sempre bem trabalhadas, as exportações aumentaram após modelos e atrizes começarem a aparecer em revistas e sites usando os chinelos a partir dos anos 2000.

Atualmente ela está presente nos principais centros comerciais e turísticos do mundo, incluindo Nova Iorque, Los Angeles e San Francisco, e muitos outros países da Europa.

A TRIUM tem orgulho de trazer as Havaianas pra Angola e realmente acredita que este é um marco não só para a moda, mas também para a economia do país.